CARREGANDO

Seg à Sex 9h às 18h
+55 41 3151-2607

Vale a pena investir em links patrocinados?

17 de janeiro
links patrocinados

Esta pergunta é a mais comum entre os empreendedores interessados em divulgar seus produtos e serviços na internet. Afinal, publicidade paga significa investimento financeiro. E, antes de investir dinheiro em links patrocinados, é normal que as pessoas queiram saber das possibilidades de retorno e a eficácia de tal ação.

A resposta que temos para tal pergunta, é: sim, vale a pena. Desde que o investimento esteja atrelado a uma estratégia maior de marketing digital, onde as ações coordenadas tenham maiores de chances de atingir os clientes em potencial.

Hoje, falaremos especificamente sobre a plataforma de anúncios do Google – o Google Ads – a mais utilizada quando o assunto é link patrocinado.

Como funciona

Como já falamos, o Google Ads (que até um tempo atrás chamava-se Adwords) é a plataforma de anúncios ‘self-service’ do Google, feita para quem quer garantir que seus anúncios estejam entre os primeiros a serem visualizados em buscas realizadas na internet.

Basicamente, há três diferentes opções de anúncios:

Rede de pesquisa: são os anúncios que aparecem diretamente na primeira página do mecanismo de busca do Google. São estruturados em texto, e se diferem dos resultados orgânicos (não pagos) por apresentarem a palavra “Anúncio” antes da URL da página. São exibidos no topo da busca. A grande vantagem é que podem ser segmentados, com focos distintos.

Rede de display: são os anúncios publicados em outros sites parceiros, semelhantes ao seu. São criados em formato de banner ou notícia. Assim como os anúncios da rede de pesquisa, também podem ser segmentados.

Anúncios em vídeo: anúncios feitos em formato de vídeo podem ser exibidos no Youtube, o segundo maior buscador do mundo, e em toda a Rede de Display do Google. Eles são configurados de forma personalizada, dentro da mesma plataforma de comando dos formatos anteriores.

Como é feita a cobrança?

Há três tipos de custos dos anúncios do Google Ads:

CPM (Custo por mil impressões): essa modalidade prevê um pré-pagamento por mil visualizações do anúncio. Esse tipo é mais utilizado entre empresa de médio e grande porte, com certa experiência no mercado, e com uma estratégia de marketing digital já bem definida.

CPC (Custo por clique): é a forma de cobrança mais comum entre os links patrocinados, onde a empresa paga ao Google cada vez que alguém clica no anúncio. É a estratégia inicial no universo da publicidade paga, uma vez que é fácil de controlar, mensurar resultados e melhorar a performance.

CPA (Custo por aquisição): é considerada uma estratégia de baixo risco, porque só se paga quando se alcançam os objetivos dos anúncios, como cadastros em mailing, venda ou download de materiais. A ideia aqui não é só gerar tráfego. Porém, é a mais cara entre as opções oferecidas.

O que considerar na hora de investir em Links Patrocinados?

Como falamos no início do texto, investir em publicidade paga na internet exige um planejamento mínimo, para obter resultados satisfatórios. Por isso, ações para melhorar a performance nos resultados orgânicos, como criação de conteúdo de SEO, devem ser consideradas.

E dentro deste contexto, antes de sair investindo dinheiro em anúncios, considere:

– O seu público-alvo, o que envolve saber sua faixa etária, gênero, localidade, renda mensal, comportamento digital, necessidades, etc.

– Segmentar a sua audiência, assim poderá criar anúncios mais assertivos.

– Onde e qual tipo de anúncio utilizará para atingir o público.

– Qual o orçamento disponível para a ação, ou seja, quanto quer investir no Google Ads.

Depois destas etapas iniciais concluídas, ficará bem mais fácil construir um anúncio patrocinado eficaz. E, claro, nesta tarefa, você pode contar com a equipe da Black Flag Publicidade. Até mais!

Quer vender seu produto online?

Solicite um orçamento

O ABC da Black Flag.


Logo Loja Online WordPress Identidade Visual Redes Sociais Publicidade e Propaganda Marketing Digital Branding Design Endomarketing Diagramação Produção de Conteúdo Inbound Marketing Outbound Marketing Email Marketing Web Design Front-end Back-end Aplicativos App Apresentações Eventos Gerenciamento de Redes Sociais Mídia Digital Planejamento de Mídia Planejamento de Marketing Criação de Sites Naming Loja Virtual Embalagens Vídeos Stands Ambientação Fachada Retail Design Jornalismo Assessoria de Imprensa Programação Visual Lettering Caligrafia Fotografia Ecommerce Treinamentos RD Station Assessoria de Comunicação Projeto Editorial Manual de Marca SEO SEM Facebook ADS Instagram ADS Google Adwords Google Remarketing Google Display Google Shopping Google Meu Negócio Produção Gráfica Brand Design Captação de Leads

Nossas Certificações.